poesia/poema

poesia-poema-7_TRAT1-1024x682.jpg

Um dos seis poetas revelados na 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta de 1956, Wlademir Dias-Pino é responsável por uma das obras mais singulares da poesia visual no Brasil. Parte substancial da produção crítica e poética concebida por Dias-Pino entre os anos 1950 e início dos anos 1970, inserida no bojo dos movimentos da poesia concreta e do poema-processo, é o tema do livro ”Poesia/poema: Wlademir Dias-Pino” organizado por Rogério Camara e Priscilla Martins.

Foi a partir do primeiro lugar obtido no edital proposto pela Funarte ao estímulo à Produção em Artes Visuais 2014, que os autores escreveram, produziram e editaram o livro que resgata o pensamento de Dias-Pino e preenche uma lacuna na bibliografia especializada sobre um período de efervescente manifestação artística no Brasil.

Organizado em dois blocos, o livro apresenta ao leitor um primeiro momento sobre a participação de Dias-Pino na poesia concreta e, o segundo, sobre o poema-processo. Encontram-se reproduzidos não somente textos críticos de autoria de Dias-Pino e do grupo poema-processo, mas também seus principais poemas vinculados aos respectivos movimentos.

Deve-se considerar a relevância da obra de Dias-Pino pela resistência às linguagens padronizadas, o seu sentido político e compreendê-la pelas possibilidades de apropriação que estabelece — esta é a essência que a torna de seu tempo, de seu lugar, onde efetivamente se atualiza a cada leitura, permanecendo contemporânea.

https://estereografica.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s