Parahereges

León-Ferrari-_Parahereges

León Ferrari (Buenos Aires/ARGENTINA, 1920-2013)

Parahereges: collages
São Paulo: Expressão, 1986.

40 p.: principalmente il.,
p&b
30 x 21 cm.

762g-vi_20150903_00023

762g-xi_20150903_00028

A obra apresenta 40 colagens compostas a partir de gravuras religiosas de Dürer e desenhos eróticos orientais.

Coordenação editorial: Marcelo Tápia

763g-i_20150903_00037

[fonte das imagens: MASP]

“Nestas colagens o autor recortou, mesclou e colou desenhos de diferentes autores, especialmente gravuras de Dürer das séries O Apocalipse, A Grande Paixão, A Vida de Maria etc., realizados entre 1493 e 1515 e publicados em Albert Dürer, Catalogue raisonné des Bois de Craves, Berthaus International, 1980. Todos os desenhos eróticos, chineses, japoneses, hindus e nepaleses foram realizados por Penny Slinger, que trabalhou em linhas centenas de miniaturas e gravuras do Tantra e do Taoísmo, publicados em Sexual Secrets, the Alchemy of Ecstasy de Douglas e Slinger, Destiny Books, New York, 1979. As igrejas das lâminas 8 a 11 são de Leon Battista Alberti: Santa Andrea e São Sebastião em Nântua e São Pancrácio em Florença. Foram reproduzidas da revista Arquitetural Design, vol. 49, nº5-6. A lâmina 38 mostra a catedral de Reims. O corpo do dragão da lâmina 7 é parte da gravura de Hans Holbein E a Besta foi Presa e com Ela o Falso Profeta, reproduzido em Le Livre Secret de l’Apocalipse, de Gille Quispel, edições Albin Michel, Paris, 1981. Do mesmo livro foram tirados: o anjo – repetido 15 vezes – da lâmina 23 e os três anjos da lâmina 28. Os quatro são ilustrações anônimas da bíblia de Hans Lufft, versão em alemão de Martinho Lutero, impressa por Lufft, em Wittemberg em 1534. A Vênus da lâmina 28 é uma Afrodite de Praxiteles do século IV a.C. e o Apolo da lâmina 24 é um bronze romano de 460 d.C. encontrado em Selimante. Na lâmina 36 é reproduzido o Cristo em Majestade de Valtarga, Museu de Arte da Catalunha, e na 37, do mesmo museu, o Cristo em Majestade da abside de São Clemente de Tahull.”

http://www.leonferrari.com.ar/
https://vimeo.com/63219163

Anúncios

Ilegal o que?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Frederico Floeter
Ilegal o que?
São Paulo, Descompasso Edições (ed. do autor), 2013.
Folder A3
29,7 x 42cm
Impressão digital

Ilegal o que?

Foldable A3 poster printed with a digital low-cost printer.

This project was developed from a page of a Portuguese dictionary found by chance whose main theme were words related to illegal acts.

One side of the poster shows a dictionary page and asks the reader “Illegal what?” with an experimental scanned type image. The other side consists of a Danilo Carneiro’s picture of a surveillance camera of São Paulo subway. The work relates the act of surveillance of everyday life and question what makes our acts been legal and illegal when it comes to our lives and bodies.

Xilotipo Impressões

Cleiri Cardoso (coord.) (Paraná/BRASIL, 1977)

Xilotipo Impressões [outro título: estampas brasileiras contemporâneas]
São Paulo: Ateliê de Artes Gráficas do SESC Pompéia, 2008.

29,8 x 29,8 cm.
Xilogravura e tipografia
il. col., 124 p.
800 ex.
Idioma: português

Miolo em papel Print Max branco 150 gr.
Intervalos em papel Color Plus 90 gr.
Capa em papel Kraliner 420 gr.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este trabalho foi impresso no ateliê de artes gráficas do SESC Pompéia, de
junho de 2007 a fevereirode 2008, numa impressora tipográfica minerva, Catú,
brasileira da década de 70.
Os procedimentos de blocagem e acabamento também aconteceram neste local.

Gravura da capa: Cleiri Cardoso
Gravura da última página: Rafael Trabasso

Equipe de programação SESC Pompéia
Coordenação: José Henrique Coelho
Coordenação Núcleo de Artes Visuais: Roberto Cenni
Técnicos: Sandra Leibovici, Regina Marques e Simone Wicca
Coordenação do projeto: Cleiri Cardoso
Ténico Impressor: Alvaro Bailão de Mello
Artistas colaboradores na elaboração e execução do projeto: Marcelo Heleno, Rafael Trabasso e Yili Rojas

O livro consiste em um catálogo de impressões originais de gravuras criadas por alguns Ateliês do Brasil. As gravuras do Atelier Piratininga (Eduardo Ver, Chris Rocha, Kika Levy, Regina Carmona e Ernesto Bonato) e a do Estúdio Diálogo têm formato circular.

[fonte das imagens]

Wind blown clouds

00000b65

Alec Finlay (Escócia, Reino Unido, 1966)

Wind blown clouds
photographed by people from around the world ; collected by Alec Finlay.
[Wind blown clouds from the skies of the world]
New York, NY : Rizzoli International, 2005.

[222] p.
14 x 20 cm.
ISBN : 0847825760

Publicado pela primeira vez como uma antologia menor do artista: Wind blown cloud. [Edinburgh: Morning Star, Newcastle-upon-Tyne: Baltic, 2002]

Originalmente inspirado no poema do poeta japonês Basho “The road to the far north”, e em sua bela descrição de estar sendo “desenhada como uma nuvem soprada pelo vento”.

Imagens poéticas e impressionantes de nuvens de todo o mundo – Gwangju, Punta del Este, Kinloch Rannoch – feitas por fotógrafos jovens e velhos, experientes e amadores; nuvens brancas, massas tempestade, pôr do sol e reflexos acompanhadas de uma seleção de haicais japoneses clássicos.

Salvar

Voyeur

A10631_l

fonte: MACBA

Hans-Peter Feldman (Düsseldorf/ALEMANHA, 1941)
Voyeur
Köln: Walther König , 2011. (5ª ed.)
[266] p.
11 x 16,4 cm
800 fotografias, p&b
ISBN 9783865609595

feldmann_voyeur_Image00047_OK2p152 (2).jpg

Each and every page of Voyeur by Hans-Peter Feldmann is packed full of pictures. Completely unexpectedly, photos of naked women are arranged next to snapshots of airplane crashes. [fonte]

Salvar

Salvar

Vocogramas

DECIO_PIGNATARI33

fonte da imagem

Décio Pignatari, 1927-2012 (Jundiaí/SP)
Vocogramas.
São Paulo; Salvador: Dimip; Código, 1985.
offset
tiragem 1000
portfólio, 11 lâminas soltas
Edições Código: Erthos Albino de Souza
Lay-out e arte final: Emanuel de Melo Pimenta

Este poema concorreu ao prêmio literário instituído pela revista Plural, do México, correspondente a 1983, não tendo sido contemplado.

Nota: Com dedicatória do autor ao poeta Roberto Piva

Twentysix gasoline stations, 2.0

maranda_image00057

Michael Maranda (1966)
Twentysix gasoline stations, 2.0 /
26 gasoline stations, 2.0
[Toronto]: Parasitic Ventures Press, [2010].
[48] p.:
18 cm.
ISBN : 9780981326306 (broch.)

Maranda_twentysix_Ver2 20.jpg

“A reconstruction of Edward Ruscha’s Twentysix Gasoline Stations utilising only images available on the internet”[designed and edited by Michael Maranda].

Download a preview of the book here.

http://www.michaelmaranda.com/