Número 4

capa4

Revista Número 4
São Paulo, Centro Universitário Maria Antonia (USP), 2003

Revista de crítica de arte. Surgiu em 2003, organizada por um grupo de jovens críticos de arte de formações diversas: Afonso Luz, Cauê Alves, Daniela Labra, Guy Amado, José Bento, Taisa Palhares, Thais Rivitti, Tatiana Blass e Tatiana Ferraz. Encerrou suas atividades impressas em 2010 com a décima edição.

Em parceria com o site do Forum Permanente, ela está online desde abril de 2006: http://www.forumpermanente.org/

O principal eixo de interesse da publicação gira em torno de questões da arte e da visualidade contemporâneas.

La Marelle ou Pie in the Sky

weiner_marelle.jpg

Lawrence Weiner
La Marelle ou Pie in the Sky
Villeurbanne: Le Nouveau Musée / Institut d’Art Contemporain, 1990
[24] p.
brochura
offset, duas cores
20 x 20 cm
ISBN 2-905985-30-5

La Marelle ou Pie in the Sky a été publié à l’occasion d’une commande publique. Pour la ville de Villeurbanne, Lawrence Weiner a réalisé une œuvre place Mendès-France : trois marelles et des inscriptions au sol. L’édition reprend et repense certains éléments de l’installation urbaine, organisés ici selon les contraintes propres au livre et au passage de ses pages.

Books on Books

books-on-books_F

Books on Books
Jérôme Saint-Loubert Bié
Christophe Daviet-Théry
Photos, concept, and design by Jérôme Saint-Loubert Bié.
Text by Christoph Schifferli, Christophe Daviet-Thery, Jonathan Monk, and Jérôme Saint-Loubert Bié.
Paris, &; Christophe Daviet-Thery, 2011
English edition
11,5 x 16 cm (softcover)
260 p. (b&w ill.)
750 ex.
ISBN: 978-2-9539347-0-0

couverture-blog

A conversation about 12 artist’s books.

In september 2009, Christophe Daviet-Thery invited the swiss collector Christoph Schifferli to curate an exhibition at his gallery. The show was called “Books on Books” and presented 26 artists’ books that are, in some way or another, about books or their representation. The same year, in december 2009, Christophe Daviet-Thery asked to Jérôme Saint-Loubert Bié to take care of the catalog even if this book works independently from the exhibition. He invited Jonathan Monk and Yann Sérandour to have a conversation about 12 books (Bruce Nauman, Burning Sall Fires, 1968; Richard Prince, American English, London: Sadie Coles HQ and Cologne: Verlag der Buchhandlung Walther König, 2003; Wade Guyton, Zeichnungen für ein großes Bild, Cologne: Verlag der Buchhandlung Walther König, 2010; Jonathan Monk, Cover Version, London: Book Works, 2004; Mike Kelley, Reconstructed History, New York: Thea Westreich and Cologne: Gisela Capitain, 1990; Allen Ruppersberg, The New Five-Foot Shelf of Books, Brussels: Éditions Micheline Szwajcer & Michèle Didier and Ljubljana: International Centre of Graphic Arts, 2003; Claude Closky, Vacances à Arcachon, Paris: Éditions Galerie Jennifer Flay, 2000; Alejandro Cesarco, Dedications, New York: A.R.T. Press, 2003; Martin Kippenberger, The Happy End of Franz Kafka’s Amerika. Tisch Nr. 3, Sankt Georgen: Sammlung Grässlin, 1993; Matt Mullican, Matt Mullican, Valencia: IVAM Instituto Valenciano de Arte Moderno, 1995; Batia Suter, Parallel Encyclopedia, Amsterdam: Roma Publications, 2009; Yann Sérandour, Inside the White Cube: Overprinted Edition, Zurich: JRP|Ringier, 2009).

Jérôme Saint-Loubert Bié is an artist and book designer based in Paris. His work often combines photography with a site-specific approach and it is informed by his concurrent practice as a graphic designer. The central themes of his work focus on the reproduction of art works and the context of exhibition as essential conditions to the presentation and knowledge of art.
As a graphic designer, he specializes in exhibition catalogues and books by artists. He has worked with the following institutions and publishing houses, among others: Book Works, Centre Pompidou, Christophe Daviet-Théry, La Fabrique éditions, JRP|Ringier, Musées de la Ville de Strasbourg, Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris, Le Point du Jour, Revolver, Verlag der Buchhandlung Walther König. He is also one of the founding editors of the independent journal Irrégulomadaire.
He has taught at Université de Paris-8 (fine arts and photography departments), Université de Paris-X (curatorial program Arts de l’Exposition), École Nationale Supérieure d’Art de Nancy (art department), and for 9 years at École des Beaux-Arts de Rennes, where he co-funded the master program in graphic design. He is currently a professor of graphic and publication design at École Supérieure des Arts Décoratifs de Strasbourg

http://www.lespressesdureel.com

Salvar

One Man Fantasia

silvan one-man_fantasia.jpg

Silvan Kälin
One Man Fantasia
Recife, Aplicação, 2017
20 x 30 cm
72 p.
Idioma: português, inglês
ISBN: 978-85-66593-06-8

Outros detalhes: o livro foi feito artesanalmente. A versão da capa dura foi impressa em serigrafia com 6 cores. O miolo também foi impresso em 6 cores pantone, numa impressora offset bicolor, fora da linha

One Man Fantasia é sobre o projeto artístico do mesmo nome que o autor fez em parceria com o artesão de bonecos Josevaldo Barros. Em 2010 o autor fez encomendas para ele, pedindo interpretações de diversos personagens a partir de um molde de gesso de uma figura nomeada de One Man. Criaram uma coleção de 83 figuras, entendido como uma troca de imaginário entre universos e realidades distintas. A publicação foi concebida de um lado como documentação e livro de artista e ao mesmo tempo como livro de ilustração e diversão que pode alcançar um público mais amplo. O livro contém uma introdução ao projeto One Man, uma conversa entre artesão e artista e as fotografias dos bonecos, montados em cenários que criam relações e narrações associativas entre as personagens.

http://www.bancatatui.com.br//

Munari’s Books

munari-libri_ING

Giorgio Maffei
Munari’s Books
Mantova, Corraini, 2008
17 x 24 cm
288 p.
1a edizione: 09/2002
ISBN: 978-88-7570-198-7

MunariLibri_int02

A Mas para que serve um livro?
B Comunicar conhecimento, ou prazer, para compartilhar o conhecimento do mundo.
A Então, se eu entendi, eu preciso deles para viver melhor.
B Muitas vezes sim.
Bruno Munari, comentários sobre Prelibri

O livro, para Bruno Munari, é a forma privilegiada de comunicação do pensamento, uma forma de arte em si, que permite representar e transmitir ideias. Livro que fala de seus livros, este volume tem como objetivo classificar os fios dispersos de seu trabalho editorial, desde suas primeiras experiências como artista gráfico até colaborações com a indústria grande publicação, através dos extraordinários projetos inovadores para livros ilegíveis.

Muito mais que um simples catálogo ou bibliografia, o livro inclui uma ampla introdução dedicado aos diferentes caminhos possíveis de estudo sobre a produção multifacetada de Munari, que ajuda a contextualizá-lo ao lado de suas criações paralelas nas áreas de pintura, escultura, design, fotografia e ensino, passando pelas diferentes poéticas seguindo o caminho da sua originalidade pessoal. Completa o volume uma lista de referência de escritos críticos sobre Munari, repertório útil para uma investigação mais aprofundada sobre este “personagem”.

Bruno Munari (1907-1998) foi sem dúvida o mais eclético artista-designer italiano. Desde o seu início nos anos 30 com o Segundo Futurismo ele sempre dedicou seu trabalho criativo à experimentação, em todas as suas formas e com especial atenção para o mundo das crianças e dos seus jogos. Sua criações no campo da arte, design, fotografia e educação atravessam os campos, sempre com um ponto de vista mais pessoal.

http://www.corraini.com/

Other Exercises

2001other_exer.jpg

Kurt Johannessen
Other Exercises
Bergen/Noruega, 2013 (3ª ed.)

offset
108 p.
10 x 10 cm
Texto em inglês
1.000 ex.

Follow-up to Exercises published in 1994. The form is the same, but the new texts are influenced by newer books.

http://www.zeth.no/