Objetos Verbais

Moacy-Cirne_Objetos-verbais

Moacy Cirne (São José do Seridó/RN – 1943-2014)
Objetos verbais: poemas/processo.
Natal: Ponto e vírgula, 1979
17 folhas soltas em encarte simples.
Tamanho: 20 x 14 cm
1000 ex.
Notas de conteúdo: exemplar com dedicatória e desenho do autor.

Objetos verbais é uma série de cartões com poemas/processo e instruções para a realização de poemas/ações.

moacycirne objetosverbais_Página_05 moacycirne objetosverbais_Página_14

Disponível em PDF: http://issuu.com/amir_brito/docs/moacy_cirne_objetos_verbais

img880.jpg

dedicatória de Moacy Cirne ao poeta Dailor Varela, também integrante do poema-processo.

Anúncios

O Formigueiro

Gullar-_O-Formigueiro.jpg

Ferreira Gullar   (São Luís, Maranhão, 1930)
O Formigueiro
Rio de Janeiro: Edição Europa, 1991.
108 p.
ISBN 85-7091-012-6
tiragem 1500, dos quais 500 numerados e assinados
(exemplar nº 24, da edição numerada e assinada com as iniciais FG em relevo seco)
21,5 x 28,5 cm
108 p.

Poema escrito em 1955 e exposto como cartazes na I Exposição Nacional de Arte Concreta, no Museu de Arte Moderna de São Paulo em 1956.

O que é arte? São Paulo responde

vater00034

Regina Vater
O que é Arte? São Paulo responde
Massao Ohno, São Paulo, 1978
edição limitada de 700 exemplares
105 facsímiles das respostas anônimas
78 p.
21,7 x 26,5 cm

Com aparência de pesquisa sociológica, sob a forma de questionário distribuído para o público que ia pela primeira vez ao Teatro Municipal de São Paulo, Regina Vater publicou este livro. Reproduzidas em fac-símile, algumas das respostas. A diversidade de caligrafias exibe visualmente a diversidade de respostas, algumas ingênuas, outras elaboradas.

vater00038vater00037vater00035 vater00036